5 Jogos RTS Que Você Precisa Conhecer

Mesmo tendo ficado um pouco ofuscados pelos novos gêneros e títulos que surgiram nos últimos anos, os jogos de estratégia em tempo real continuam fortes e merecendo todo o nosso respeito. Vencer os inimigos usando táticas e estratégias engenhosas, e tudo isso no comando de cliques ainda é um prazer procurado por muitos. Por isso nós aqui da Diviny Games trouxemos para vocês uma lista de 5 jogos RTS que vocês precisam conhecer.



Total War: Three Kingdoms é um ótimo RTS que consiste em explorar e conquistar a China antiga.
O jogo é baseado no período histórico conhecido como três reinos (184-280 D.C.) que contempla fatos como a queda da poderosa dinastia Han e consequentemente o surgimento de três impérios (Wei, Wu e Shu-Han). Uma novidade que esse game trouxe é o fato de ser possível jogar a campanha de dois modos: histórico e romance. O primeiro é o já tradicional modo regular da série na qual a fadiga das tropas tem muita influência e é preciso prestar atenção em cada manobra e táticas de cada exército. Já o segundo, é inspirado no romance dos três reinos, e acaba dando um peso maior aos generais de sua tropa, que serão decisivos em campo de batalha conforme as lendas dos orientais, tais figuras poderão inspirar seus companheiros abatidos e até derrotar sozinhos, multidões inimigas. Na prática os dois modos são divertidos, junto com a variedade de personagens que torna-se um incentivo a mais de jogar muitas vezes a campanha.



Partindo para outra época de guerra ainda com ambientação histórica, vamos para o Company of Heroes 2, que se passa em 1941, início da segunda guerra mundial, deixando os jogadores na pele do exército sovietico que luta contra a ameaça nazista. A neve é um fator de muita influencia no game pois poderá afeta a velocidade de movimentação das tropas e tanques. Diferente dos jogos militares onde o jogador é um soldado, o Company of Heroes 2, deixa você no comando de um exército inteiro, vale ressaltar que a simulação de cenários reais é um ponto forte desse jogo, comandando o exército o jogador deverá ir completando as missões de guerra ao decorrer do jogo.



Ainda no cenário histórico da segunda guerra mundial vamos para Hearts of Iron IV, desenvolvido pela Paradox Development Studio. Nele o jogador é colocado no complexo cenário geopolítico da segunda guerra mundial, onde você tem a possibilidade de assumir os países e recriar a história com suas habilidades estratégicas de guerra ou negociação que serão importantes no jogo. Há também uma grande variedade de chats online que podem melhorar seu jogo e, pra ajudar, está disponível em portugues. Se você tem interesse na história da segunda guerra mundial e tem paciência de aprender um game mais elaborado, complexo e cheio de variáveis esse jogo é excelente para você, os gráficos são melhores do que se pode esperar para um game que se desenvolve com movimentos de tropas em um mapa. O jogo oferece um bom detalhamento do mapa do planeta terra, tendo incluído todos os países da época (inclusive o Brasil comandado por Getúlio Vargas). E o jogo conta com uma grande capacidade de zoom com as boas definições do terreno é um ponto que podemos destacar como positivo.


Agora indo para o cenário de temática viking vamos para Northgard desenvolvido pela Shiro Games que fez sucesso no Steam Early-Access. O jogo possui modo campanha, modos de batalha offline e online, a campanha lembra muito os diálogos e jogo de imagens da série WarCraft e Diablo. Dando a entender a referência tirada da Blizzard pelo pessoal da Shiro Games. Durante a campanha seus objetivos no início servirão para te ensinar a mecânica e dinâmica do jogo que mais a frente se torna um desafio para seu estudo sobre a premissa do jogo. Uma das maiores novidades do game na questão da mecânica é o fato de você não poder explorar livremente o mapa logo de início, os mapas são separados por áreas, e para passar a área vizinha a sua você deve enviar um scout, que é um soldado de reconhecimento para verificar as áreas antes que você mande seu líder ou tropas. O jogo dá ênfase ao comando estratégico com o intuito de ser assertivo e conseguir bons recursos nas áreas liberadas. Outra novidade é o fato de os aldeãos, civis, serem criados automaticamente e cabe a você designar um papel para cada um deles. Há várias formas de se ganhar em Northgard como por exemplo: matando todos e conquistando todas as cidades, se tornando "rei" de todo o reino através da sua fama, se tornando o maior mercador do reino, se tornando o mais sábio de todos os reis de Northgard. Se você gosta da temática viking esse jogo é para você.


Indo agora para um cenário mais gelado e com clima de sobrevivência a gente vai para o mundo de FrostPunk, um RTS que ao invés de ser voltado ao cenário de guerras, é mais voltado em liderar uma um povo sem esperanças e devastado, cuja últimas forças estão diretamente relacionadas ao grande gerador de energia que fica ao centro da cidade. Essa máquina é o coração e centro dessa sociedade construída às pressas, o gerador é responsável em manter tudo funcionando e manter os cidadãos aquecidos. Se for desligado tudo para de funcionar e todos morrem de congelamento, sendo você, o líder um dos primeiros da lista. Mas não é só isso, em sua jornada o jogador deve atender os anseios que vão além de aquecimento, comida e cuidados básicos. Logo após a Cutscene inicial o jogador precisa construir a cidade, coletando recursos que ficam espalhados pelo mapa e construir abrigos, enfermagens, e cabanas para caçadores. Mas esse é só o primeiro passo sendo que ao longo dos dias você pode desenvolver novas estruturas que aumentam a obtenção de recursos e facilitam o trabalho. Nesse jogo o tempo e recursos são os principais elementos, com o jogador tendo que saber trabalhar com pouca gente e muita pressão para otimizar as coisas, e garantir o crescimento sustentável. O jogo chama também muita atenção em seu foco nas decisões morais que podem gerar questionamento no jogador fazendo-o se questionar de suas próprias escolhas.

E com isso chegamos ao fim dessa lista, onde exploramos jogos com temáticas de guerras até o cenário de sobrevivência com decisões morais que envolvem a sobrevivência de uma sociedade, com essa enorme variedade de jogos RTS é praticamente impossível não se tornar amante de um título desse gênero que mesmo sendo antigo no mercado de jogos ainda continua firme e forte.

Comentários